Papa Francisco dá 'carona' para crianças em papamóvel

Por Ansa

O papa Francisco quebrou o protocolo novamente nesta quarta-feira (3) e deixou cinco crianças andarem em seu "papamóvel" durante sua passagem pela praça São Pedro, no Vaticano.

O episódio ocorreu minutos antes de o Pontífice iniciar a audiência geral. Durante seu tradicional passeio com o papamóvel pela praça, Francisco passou perto das crianças, que acenavam para ele, e deixou todas entrarem no veículo.

Veja também:
Após ‘febre Bettina’, Procon anuncia multa de até R$ 9 mi a Empiricus
Lei no Brunei que pune gays com pena de morte por apedrejamento entra em vigor

As crianças "sortudas" foram acompanhar a celebração junto com cerca de 12,5 mil peregrinos de todo o mundo, segundo dados da prefeitura da Casa Pontifícia.

Esta não foi a primeira vez em que o líder da Igreja Católica deixou crianças andarem em seu carro. No ano passado a mesma cena se repetiu por pelo menos duas vezes.

Remédios aos moradores de rua

O papa Francisco distribuiu um selo especial para permitir que moradores de rua obtenham remédios gratuitamente na farmácia do Vaticano. O projeto, iniciado em dezembro passado, foi revelado pela médica Lucia Ercoli, que atende grupos de sem-teto na Praça São Pedro, em entrevista à ANSA. Ela foi recebida de forma privada pelo líder da Igreja Católica no fim de 2018.

Desde o início de seu pontificado, Francisco já adotou diversas medidas para ajudar os moradores de rua que frequentam o Vaticano, como a abertura de banheiros, de um abrigo e de um ambulatório.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo