Projeto Guri deve ser encerrado em várias cidades por falta de verba

Por Leandro Gouveia - Rádio Bandeirantes

Desde o fim da semana passada, professores e alunos do Projeto Guri não sabem se o programa vai continuar na sua cidade. Funcionários receberam aviso prévio de que devem ser demitidos em municípios como Campinas, Presidente Prudente, Itapetininga, São Carlos e Araraquara.

A medida seria necessária devido ao corte de 23% ou quase 150 milhões de reais no Orçamento da Cultura do Estado. Neste domingo (31), a deputada estadual Janaína Paschoal, do PSL, mandou um recado ao governador João Doria sobre o projeto: “Eu tenho muita esperança de que ele vá anunciar, na verdade, que vai multiplicar os polos do Projeto Guri. Temos muitos municípios atendidos, mas queremos que todos sejam atendidos".

Leia mais:
Secretaria Municipal de Saúde define paralisação marcada pelo SAMU como “ilegal”
Bolsonaro cancela instalação de radares eletrônicos nas rodovias federais

Paschoal ainda ressaltou a importância da ação: "Quero crer que o governador tenha se sensibilizado para a importância social desse projeto. Vai muito além de arte. É um projeto de prevenção à violência, um projeto de segurança pública, um projeto de direitos fundamentais”.

Atualmente o Projeto Guri possui cerca de 50 mil alunos de música e outras atividades em quase 400 polos por todo o Estado de São Paulo. Um abaixo-assinado que circula pela internet contra o fim do programa possui quase 150 mil adesões.

Em nota, a Secretaria da Cultura declarou que o impacto do corte de recursos está sendo avaliado. O governo Doria diz que está fazendo reuniões com cada uma das 18 organizações sociais para definir as prioridades e os ajustes necessários.

Loading...
Revisa el siguiente artículo