CPTM estuda volta da estação Luz como ponto final da linha 10-Turquesa

Por Metro ABC
2011

Embora ainda não tenha prazo definido, a possibilidade de a linha 10-Turquesa da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) ser prolongada até a Estação Luz, em São Paulo, ganhou força nos últimos dias.

A própria companhia admitiu que o plano de investimento para 2019 prevê a volta do trajeto. Desde 2011, a linha que têm início na Estação Rio Grande da Serra e passa por cinco das sete cidades do ABC (Rio Grande, Ribeirão Pires, Mauá, Santo André e São Caetano), termina no Brás.

Os estudos para o retorno da linha já estão sendo realizados. A medida beneficiaria os moradores da região, já que os mesmo teriam opções a mais de desembarque, não sendo necessário realizar a baldeação entre as linhas de trens, que em algumas oportunidades, chega a demorar cerca de 20 minutos.

Veja também:
Estações da linha 7-Rubi da CPTM ficam lotadas por problemas no sistema de energia
Pouso do helicóptero águia trava a rodovia dos Imigrantes na chegada em São Paulo

No ano seguinte à mudança, o Consórcio Intermunicipal Grande ABC chegou a realizar audiência pública com representantes da CPTM visando solicitar a volta do ponto final na Luz. Na época, a companhia estadual afirmou que a medida visava trazer maior conforto aos passageiros na Luz. Os números daquele período apontam que 465 mil passageiros passavam pelo local.

Outra medida que foi bastante comentada era a criação do Expresso ABC. O projeto saiu do papel em novembro de 2016, sendo executado apenas nos dias de semana e nos horários de pico, entre as estações Prefeito Celso Daniel – Santo André e Tamanduateí, com parada única na estação São Caetano. Mas a retomada não foi efetivada desde então.

“Vamos acompanhar esse processo de perto com o objetivo de garantir que tal medida possa melhorar a qualidade no transporte público da região”, afirmou o presidente do Consórcio e prefeito de Santo André, Paulo Serra.

Loading...
Revisa el siguiente artículo