Pai e mãe postam mensagens de luto no Facebook após matarem o próprio filho

Por Metro Jornal

Em Minas Gerais, um casal foi preso em flagrante pela morte de seu filho, um bebê de 3 meses, na quarta-feira (27). Alexandre Montanholi (23) e Ana Carolina Lourenço Cândido (19) chegaram a postar mensagens de luto em suas redes sociais pouco após o assassinato.

LEIA MAIS:
Alcoolizado e irritado, passageiro morde e arranca nariz do motorista
Jovem comemora 18 anos saltando de paraquedas e acaba morrendo diante da família

"Gente, estou aqui para anunciar uma perda inestimável", escreveu o pai em seu perfil no Facebook. "Eu e a minha esposa estamos muito tristes hoje. Com apenas 3 meses de vida, perdi meu filho que faleceu esta manhã em Andradas com uma parada cardíaca".

Yago Lourenço foi morto na terça-feira, em Andradas, sul de Minas. Segundo a necrópsia do bebê, uma agressão rendeu quatro costelas quebradas e traumatismo craniano.

A mãe omitiu a agressão, feita pelo pai, de acordo com a delegacia local. "Hoje o dia amanheceu muito triste. Acabei de perder meu filho", escreveu Ana Carolina em sua conta do Facebook. Ela estava em casa durante o crime, e revelou-o no interrogatório.

Alexandre Montanholi (23) e Ana Carolina Lourenço Cândido (19) Reprodução/Facebook

Ambos foram autuados por homicídio qualificado. Segundo o delegado Fabiano Roberto Mazzarotto Gonçalves, o pai da criança alegou ter se estressado por "não aguentar o choro". Mazzarotto afirma que Yago foi espancado entre 19h e 22h da terça.

"O bebê bateu a cabeça no braço do sofá depois que o pai o arremessou, e assim, ficou com traumatismo craniano", descreveu o delegado. "Ele também sofreu várias joelhadas e ficou com vários hematomas pelo corpo, além de quatro costelas quebradas".


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo