GRÁTIS: Kinoforum abre inscrições para oficina e palestras sobre cinema em São Paulo

Por Metro Jornal

O Museu Penitenciário Paulista, no Carandiru, São Paulo, recebe a partir desta segunda-feira, 25 de março, o ciclo gratuito de Palestras – Tecnologia e Cinema para Todos, realizado pela Kinoforum.

As aulas abertas são um ponto de partida para a seleção de alunos para a próxima Oficina de Realização (Módulo II), que será realizada no mesmo local a partir de 1 de abril, com patrocínio da Ericsson. São 30 vagas gratuitas e o único requisito para participar é ter mais de 18 anos. As inscrições já estão abertas no site do Kinoforum.

As Oficinas Kinoforum completam 18 anos de atividades em 2019, colecionando histórias que transformaram o cotidiano de pessoas em situação de vulnerabilidade social por meio do audiovisual. Crianças da região da Cracolândia, por exemplo, produziram curtas-metragens.

Os filmes e informações de todas as oficinas podem ser conferidas no site www.oficinas.kinoforum.org.

O ciclo que antecede a oficina vai até 29 de março, sempre das 10h às 15h30, no Auditório do Museu Penitenciário, que tem capacidade para até 50 pessoas.

Confira a programação das palestras:

25/3 – SEGUNDA-FEIRA

10h–12h – “A Experiência da Funk TV”, com JC: Com mais de trezentos mil inscritos no canal do YouTube, a Funk TV mantém um público fiel desde 2011 e se tornou uma das maiores empresas de credibilidade neste ramo. João Carlos, conhecido como JC (ex aluno das Oficinas Kinoforum) vai nos contar como foi o processo da formação da Funk TV e do youtube como plataforma e tecnologia de distribuição.

13:30h-15:30h  – “Representação LGBTQ+ no Cinema”, com Chico Santos e Rafael Mellin: Diante da necessidade de contar a história do cinema de outros pontos de vista, a palestra propõe um rápido vôo através de cenas de filmes que refletem o modo como a população LGBTQ+ está sendo representada – desde o início do cinema até os dias de hoje. Chico Santos e Rafael Mellim integram o Coletivo Bodoque. São os diretores e roteiristas de “Estamos Todos Aqui”, curta premiado no Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo, Festival de Gramado, Mostra de Tiradentes e Internacional de Valdivia, entre outros.

26/3 – TERÇA-FEIRA

10h–12h: Antes da invenção da Câmera de Cinema”, com Ralph Friedericks: História das invenções tecnológicas mais incríveis que antecederam a invenção da primeira câmera de Cinema.

13:30h-15:30h  – “A Tecnologia na Magia dos Efeitos Especiais do Cinema”, com Cássio Starling, apresenta ao público as principais tecnologias utilizadas pelas equipes que inventam os mundos de fantasia, os seres imaginários, as ações de super-heróis e os ataques de monstros que enchem os filmes de emoções.

10h–12h – “A Divulgação do Audiovisual em Redes Sociais”, com Zé Agripino. Agripino é produtor de curtas-metragens e outros conteúdos audiovisuais, com vasta experiência na divulgação de filmes de curta e longa metragem e projetos transmídia nas redes sociais.

13:30h–15:30h – “Empreendedorismo criativo na formação de coletivos” com o coletivo Mundo em Foco. Mundo em Foco é um grupo formado por jovens, engajados com questões sociais que envolvem a comunidade. O grupo trabalha diretamente com diversas tecnologias e temas: tv, vídeo, cinema, internet, fotografia, artes plásticas, meio ambiente, teatro, entre outros.

28/3 – QUINTA-FEIRA

10h–12h – “Caminhos do cinema negro”, com Joyce Prado – Palestra sobre a produção atual de cinema negro. Joyce Prado é formada em Comunicação Social: Rádio e TV pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo e especialista em Roteiro Audiovisual pelo Centro Universitário SENAC. Desenvolve trabalhos na área de cinema documental, ficional e publicitário, já atuou nas produtoras: Gullane, Sagaz Filmes, Geral Filmes, Timore AV e Cinema Zungu. Atualmente, é sócia-fundadora da Oxalá Produções.

13:30h–15:30h DAFB – Construtoras da Imagem, um olhar político na Direção de Fotografia: O DAFB, Coletivo das Diretoras de Fotografia do Brasil, foi criado em 2016 para organizar as profissionais do mercado e fortalecer e estimular a participação nesse segmento. Contaremos com a presença das representantes Karla da Costa, Fernanda Ligabue,  Wilssa Esser e Vicky Balicas.

29/3 – SEXTA-FEIRA

10h–11h – Exibição do documentário “Making Of Oficinas Kinoforum no Centro POP Vila Maria”. Em seguida, debate aberto ao público.

11h–12h – “Mercado de Trabalho e Transformação Digital”, com Marcelo Goldstein: A Internet é como um oceano ainda a ser desbravado e traz várias oportunidades de conhecimento e geração de renda. A Transformação Digital muda a forma como acessamos essas oportunidades e muda o mercado de trabalho. Como podemos nos preparar para essas oportunidades? Marcelo é Lider de Inovação na Ericsson Telecomunicações, onde atua desde 1998. Premiado por 2 vezes como Inovador do ano de 2015. Co-fundador do Escritório de Design da Ericsson desde 2018.

13:30h–15:30h – Exibição do Curta Metragem “Tea for Two”, dirigido pela palestrante Julia Khatarine: que é atriz, roteirista e diretora. Premiada em 2018 com o troféu Helena Ignez na Mostra de Cinema de Tiradentes se tornou a primeira mulher trans a levar o troféu. Atualmente esta em cartaz na sessão vitrine como atriz no longa “Lembro Mais dos Corvos” e como Diretora no curta “Tea for Two”, se tornando a primeira diretora trans a ter um filme em circuito comercial no Brasil.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo