TRF deve julgar pedido de habeas corpus de Michel Temer nesta sexta

Por Estadão Conteúdo

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) deve julgar ainda nesta sexta-feira, 22, o pedido de habeas corpus impetrado pela defesa de Michel Temer. O ex-presidente foi preso na quinta-feira, 21, em operação da Lava Jato e está detido na Superintendência da Polícia Federal no Rio. Existe a previsão de que ele preste depoimento ainda nesta sexta.

O ex-presidente está preso em uma sala da corregedoria, no terceiro andar do prédio. De acordo com o site G1, é uma das poucas salas da sede da PF no Rio que tem banheiro privativo. A sala, de 20 metros quadrados, tem frigobar e ar condicionado. Uma televisão será instalada no local.

Leia mais:
“Cada um deve responder por seus atos”, diz Bolsonaro sobre Temer
Esquema envolvendo Temer e Moreira Franco movimentou R$ 1,8 bi, diz MPF

Ainda segundo o site, o ex-presidente teria recusado o jantar na noite de quinta-feira, informando os agentes de que estaria sem fome. Temer recebeu a visita do ex-ministro da Secretaria de Governo e aliado Carlos Marun.

Ex-ministro de Temer e ex-governador do Rio, Moreira Franco também foi preso na quinta-feira, na mesma operação da Lava Jato Ele está detido em Niterói, município vizinho do Rio, na mesma unidade em que se encontra o ex-governador Luiz Fernando Pezão.

Originalmente, Temer também seria enviado para lá. Mas, diante de um pedido de sua defesa, o juiz Marcelo Bretas autorizou a sua permanência na sede da PF em sala diferenciada – a exemplo do que aconteceu com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está preso na Superintendência da PF em Curitiba.


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo