Parlamentares do Congresso Nacional comentam prisão de Michel Temer

Por Metro Jornal

A prisão do ex-presidente Michel Temer repercute no Congresso Nacional. Júlio Delgado (PSB-MG) avalia que o fato pode impactar o andamento da Reforma da Previdência no Congresso Nacional e piorar a articulação com o Planalto. Segundo o parlamentar, os mesmos deputados que tentaram aprovar as mudanças na aposentadoria no governo Michel Temer estão atuando agora na gestão de Jair Bolsonaro.

O deputado e líder da minoria Alessandro Molon (PSB-RJ) afirmou que a prisão é uma "vergonha para o país". "De outro lado, um sinal de que a Justiça está sendo feita, não importa contra quem. Lamento, apenas, que ele não tenha respondido pelos delitos que cometeu ainda na Presidência da República", afirmou.

Leia mais:
AO VIVO: Acompanhe a cobertura da BandNews TV sobre a prisão de Michel Temer
Prisão de Michel Temer repercute na mídia internacional

O deputado Daniel Coelho (PPS-PE) vê um erro na cultura política do Brasil com dois ex-presidentes presos, Lula e Temer.

Já o deputado Ivan Valente (Psol-SP) associa o momento da prisão de Temer à gestão de Jair Bolsonaro. "Fica uma grande interrogação no ar: por que esse momento? Porque a crise do governo é brutal, houve desgaste do presidente Jair Bolsonaro nas pesquisas e uma péssima repercussão da viagem internacional dele", disse.

No Twitter, o senador Major Olímpio (PSL-SP) comemorou a operação da Polícia Federal. "O Brasil está mudando, a justiça será para todos! Grande expectativa para o povo brasileiro, estamos no caminho certo! O Brasil será passado a limpo, CADEIA para todos aqueles que dilapidaram o patrimônio público brasileiro e envergonharam a política e o nosso povo!"

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo