Michel Temer é preso pela força-tarefa da operação Lava Jato

Por Metro Jornal
Temer aeroporto Temer foi levado ao aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, para transferência ao Rio de Janeiro / Reprodução/TV Globo

O ex-presidente Michel Temer (MDB) foi preso na manhã desta quinta-feira (21) pela força-tarefa da Lava Jato do Rio de Janeiro. Além dele, agentes detiveram o ex-ministro de Minas e Energia Moreira Franco (MDB) e o coronel reformado João Baptista Lima Filho, amigo próximo do político.

As prisões fazem parte da operação Descontaminação. Foram oito mandados de prisão preventiva (sem prazo para liberação), dois de prisão temporária e 26 de busca e apreensão. Eles foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, e ocorrem nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná e no Distrito Federal.

Veja lista completa de alvos, acusados de corrupção, peculato e lavagem de dinheiro:

  • Prisão preventiva
    Michel Miguel Elias Temer Lulia, ex-presidente
    João Batista Lima Filho (coronel Lima), amigo de Temer e dono da Argeplan
    Wellington Moreira Franco, ex-ministro de Temer
    Maria Rita Fratezi, arquiteta e mulher do coronel Lima
    Carlos Alberto Costa, sócio do coronel Lima na Argeplan
    Carlos Alberto Costa Filho, diretor da Argeplan
    Vanderlei de Natale, sócio da Construbase
    Carlos Alberto Montenegro Gallo, administrador da empresa CG IMPEX
  • Prisão temporária
    Rodrigo Castro Alves Neves, responsável pela Alumi Publicidades
    Carlos Jorge Zimmermann, representante da empresa finlandesa-sueca AF Consult

Às 12h40, a Polícia Federal confirmou que o pedido teria tido como base investigações das operações Radioatividade, Pripyat e Irmandade, todas desdobramentos da Lava Jato, e contam com denúncias feitas pelo operador do MDB Lúcio Funaro em delação premiada homologada pelo STF (Supremo Tribunal Federal) em 2017. Uma coletiva de imprensa será realizada no Rio de Janeiro às 16h.

O depoimento faz parte do inquérito que investiga irregularidades em contratos de empresas com a estatal Eletrobras Eletronuclear e apura o pagamento de propinas na construção da usina nuclear Angra 3.

A PF buscava a localização de Michel Temer desde quarta-feira (20). Ele foi detido em São Paulo e levado ao aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, onde foi transferido para a sede da Polícia Federal do Rio de Janeiro e passará por exame de corpo de delito. O advogado do ex-presidente, Eduardo Carnelós, classificou a operação como "uma barbaridade".

Cobertura completa

Em comunicado, MDB lamenta prisão do ex-presidente Michel Temer
Ex-ministro Moreira Franco é preso em aeroporto do Rio de Janeiro
Prisão de Michel Temer repercute na mídia internacional
AO VIVO: Acompanhe a cobertura da BandNews TV sobre a prisão de Michel Temer
Parlamentares do Congresso Nacional comentam prisão de Michel Temer
Internautas reagem à prisão de Michel Temer; veja memes
VÍDEO: Veja momentos em que Michel Temer e Moreira Franco foram presos
https://www.metrojornal.com.br/foco/2019/03/21/temer-tratamento-lula-prisao.html

Loading...
Revisa el siguiente artículo