Oito feridos no ataque ainda seguem internados

Por Metro Jornal

Apenas 3 dos 11 estudantes feridos após o ataque anteontem no Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo, tiveram alta médica até agora.

De acordo com a Secretaria de Saúde do estado, dos oito ainda sob cuidados, três estão na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Eles seguem internados no HC (Hospital das Clínicas), na capital. O quadro dos pacientes é considerado estável e não há risco de morte. Os outros internados são atendidos nos hospitais Luzia de Pinho Melo e Geral de Itaquaquecetuba, pela Santa Casa de Misericórdia de Suzano e pelo Hospital particular Santa Maria.

Os estudantes feridos terão acompanhamento psicológico após a alta médica. A secretaria estadual enviou para Suzano dois psiquiatras e um psicólogo para dar apoio no atendimento no Caps (Centro de Atenção Psicossocial).   

A Prefeitura de Suzano informou ontem ter registrado grande movimento de pessoas em busca de atendimento psicológico na unidade mantida na região central.

No local, alunos da Escola Estadual Raul Brasil e de outras instituições de ensino procuraram os profissionais da unidade para acolhimento e apoio após o massacre.

Os alunos que prestam depoimento na Delegacia de Polícia Central de Suzano para o inquérito sobre o caso também recebem atenção especial, com acompanhamento pelo Conselho Tutelar.  

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo