Metro Jornal decide não veicular vídeos do ataque na Nova Zelândia

Por Metro Jornal

O Metro Jornal decidiu não veicular os vídeos que circulam na Internet sobre os atentados às mesquitas na Nova Zelândia, que deixaram  49 mortos e 20 feridos

Os vídeos foram gravados pelo próprio terrorista e mostram imagens cruéis do assassinato das pessoas.

A intenção do terrorista com essa gravação é gerar virais e ganhar notoriedade nas redes. Em nossa avaliação, publicá-los seria colaborar com esse intento.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo