Famílias das vítimas do ataque em Suzano vão ser indenizadas

Por BandNews FM

O governo de São Paulo vai indenizar as famílias das oito vítimas do ataque a tiros na Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano. Os familiares devem receber a quantia em até 30 dias.

O governador João Doria criou um comitê para cuidar das indenizações em questão. O valor vai para os parentes dos alunos e funcionários que perderam as vidas na tragédia.

Leia mais:
Autor do massacre de Suzano saiu para caminhar com o pai poucas horas antes do ataque
Familiares e amigos comparecem ao velório das vítimas do massacre de Suzano

O ataque aconteceu na última quarta-feira (13) e foi realizado por dois ex-alunos do colégio. O crime continua sendo investigado.

Segue a nota completa do governo de São Paulo:

O governador João Doria criou um comitê executivo formado pela Procuradoria Geral do Estado, pelas secretarias da Educação, Segurança Pública e Assistência Social, além de membros da Defensoria Pública como convidados, para garantir celeridade no processo de pagamento de indenização aos familiares das vítimas do atentado ocorrido na escola professor Raul Brasil, em Suzano.

O decreto, que será publicado na edição desta sexta-feira, 15, do Diário Oficial prevê que o grupo determine, no prazo máximo de 30 dias, os valores que serão pagos pelo Governo Estadual aos familiares das vítimas.

"Nenhuma ação do Governo poderá compensar vidas perdidas, mas em um momento de tamanha dor e tristeza, é fundamental que essas famílias não enfrentem burocracia e processos lentos para terem acesso aos recursos. É hora de solidariedade e atitude".

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo