Após pedidos negados, funcionários da Vale se entregam por tragédia em Brumadinho

Por BandNews FM

Onze funcionários da Vale e da Tüv Süd se entregaram em uma delegacia de crimes de meio ambiente em Belo Horizonte, Minas Gerais. Ao todo, 13 mandados de prisão foram expedidos nesta quinta-feira (14) pelo Tribunal de Justiça.

Isso ocorreu após três desembargadores mineiros decidirem na última quarta-feira (13) negar os pedidos de revogação das prisões temporárias dos suspeitos de serem os responsáveis pela tragédia em Brumadinho, que matou 203 pessoas até o momento. Eles alegaram que o caso é grave e que as prisões são necessárias para o bom andamento das investigações.

Leia mais:
Autor do massacre de Suzano saiu para caminhar com o pai poucas horas antes do ataque
Número de mortos pelo rompimento da barragem em Brumadinho sobe para 203

Ainda não é possível afirmar ao certo quantas dessas pessoas são da Vale e da Tüv Süd, empresa alemã que atestou a estabilidade da barragem que se rompeu no dia 25 de janeiro. A Vale diz que as prisões são desnecessárias porque os funcionários têm colaborado com a justiça.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo