Aeroporto de Congonhas muda caminho aos terminais para melhorar fluidez

Por Metro Jornal

Para melhorar o embarque e desembarque no aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, o caminho aos terminais passará por mudanças a partir desta sexta-feira (15). De acordo com a SMT (Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes), serão feitos testes de fluidez ao dividir o fluxo de carros nos pisos do aeroporto.

Veja também:
Após alagamento, buracos bloqueiam trechos da avenida do Estado
Presos por suspeita na morte de Marielle serão transferidos para presídios nesta quarta

O superior, onde está o acesso para o check-in, será destinado ao embarque e desembarque de passageiros que chegam em táxis. Automóveis particulares e de motoristas de aplicativos poderão fazer os desembarques somente neste piso. Já o inferior será destinado apenas ao embarque de passageiros em automóveis particulares ou em veículos de corridas por aplicativo.

Com a mudança, segundo a SMT, os táxis ganharão um número maior de vagas oficiais – eram 50 e passarão a ser 96. Entre eles, veículos acessíveis e híbridos terão ponto mais próximo ao portão 1.

Entenda como fica:

Desatando o nó

Quem passa pela avenida Washington Luiz, que compõe o corredor Norte-Sul, sabe bem como o aeroporto colabora com o congestionamento da região. Desde o ano passado, a prefeitura tem tentado medidas para melhorar a fluidez no embarque e desembarque dos passageiros.

Em agosto, uma ação mais que dobrou a presença de agentes da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) nos acessos aos terminais – hoje são dez por turno. O objetivo é coibir estacionamentos irregulares e paradas em fila dupla.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo