Bruno Covas se licencia da prefeitura de SP por uma semana

Por Estadão Conteúdo

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anunciou nesta sexta-feira, 8, que estará de licença do cargo entre os dias 9 e 15 de março. O motivo do afastamento não foi divulgado e a licença não será remunerada.

Veja também:
Padre é acusado de mandar ‘nudes’ para adolescente em Fortaleza
Na semana do Dia Internacional da Mulher, três foram assassinadas pelos companheiros na Grande SP

Neste período, o presidente da Câmara, vereador Eduardo Tuma (PSDB) assumirá a prefeitura da cidade. Covas, que assumiu o cargo após a renúncia do então prefeito João Doria para concorrer ao governo estadual, não tem vice.

Tuma foi eleito em dezembro do ano passado para a presidência da Câmara, obtendo votos de 51 dos 55 parlamentares.

Confira na íntegra a nota da prefeitura:

"Em ofício enviado hoje à Câmara Municipal, o prefeito Bruno Covas comunicou que estará de licença do cargo, com prejuízo dos vencimentos, entre os dias 9 e 15 deste mês. Neste período, o presidente da Câmara, Eduardo Tuma, assumirá o cargo."

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo