Prefeitura e servidores fazem nova reunião nesta sexta para negociar greve geral

Por Bruna Barboza – Rádio Bandeirantes

Integrantes da Prefeitura de São Paulo estão nesta sexta-feira (8) mais uma vez reunidos com representantes do funcionalismo público para discutir a greve geral dos servidores.

O principal pedido dos funcionários é a revogação da reforma da previdência municipal, que aumentou de 11 para 14% a contribuição básica para aposentadoria. Os servidores também negociam um reajuste salarial de 10%.

Veja também:
Ministério Público Estadual pede anulação da concessão do Parque Ibirapuera em São Paulo
Governo de São Paulo anuncia hoje medidas para indústria automotiva no Estado

No último encontro, a Prefeitura propôs a implementação de adicionais salariais conforme sejam atingidos os objetivos instituídos no Plano de Metas. A administração municipal também prometeu não descontar as faltas justificadas durante a paralisação, que afeta principalmente os setores de educação e saúde.

Na tarde desta sexta está prevista uma manifestação no viaduto do Chá, no centro, e uma assembleia dos funcionários para discutir se aceitam ou não as propostas que serão apresentadas nesta manhã. Segundo a Prefeitura, 167 escolas estão totalmente paralisadas desde o dia 4 de fevereiro.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo