Após reforma da previdência, governo Bolsonaro quer limitar número de sindicatos

Por BandNews FM

O governo Bolsonaro já tem planos para depois que a Reforma da Previdência for votada no Congresso Nacional. A ideia da equipe econômica é propor o fim da unicidade sindical.

A medida ainda está em estudo. Ela limita o número de sindicatos, porque só permite uma entidade do tipo por categoria dentro de uma determinada localidade.

Leia mais:
Carro da Prefeitura é baleado na zona leste de São Paulo e uma pessoa morre
Paulo Preto é condenado a 145 anos de prisão por desvio de dinheiro

A proposta alteraria a Constituição, ou seja, precisa ter tramitação e número de votos similar ao necessário para aprovar a Reforma da Previdência.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo