Cuidado com o golpe do cartão no carnaval

Por Metro Jornal

Durante a folia, o consumidor deve ficar atento aos golpes envolvendo o cartão. Segundo a Febraban (federação dos bancos), quadrilhas aproveitam as aglomerações e as distrações das pessoas nos eventos ao ar livre para aplicar o golpe da troca do cartão.

O golpista, ou um vendedor ambulante mal intencionado, se aproveita de um momento de distração do comprador para que a pessoa insira na maquininha, por engano, a senha no campo destinado ao valor da compra.

Leia mais:
Conheça a primeira escola para pessoas trans do mundo
Confira a previsão do tempo completa para São Paulo nos dias de Carnaval

Ele troca o cartão e devolve um similar, muitas vezes do mesmo banco. A troca só é percebida muito tempo depois, em uma nova tentativa de usar o cartão.

Outro golpe comum nesta época é o da dupla operação ou do valor errado. O bandido finge que o cartão não passou na maquininha e alega um problema do aparelho. Em seguida, ele pega outro equipamento e cobra novamente o valor. O prejuízo só é percebido quando a vítima olha o extrato do banco.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo