Petrobras recebe multa milionária do Ibama por vazamento de óleo no mar

Por Estadão Conteúdo

O Ibama multou a Petrobras em R$ 8,19 milhões pelo vazamento de 260 mil litros de óleo durante transferência da plataforma P-58 para o navio São Sebastião, a cerca de 85 quilômetros da costa do Espírito Santo, no último sábado. O vazamento ocorreu no dia 23 de fevereiro e dois dias depois a estatal informou que não havia mais encontrado petróleo no mar.

LEIA MAIS:
Previdência: Bolsonaro foi ‘mal interpretado’ sobre reduzir idade mínima para mulheres, diz Mourão

O Ibama porém disse em nota, que na quinta-feira (28), a mancha de óleo atingia 10 quilômetros e deslocava-se na direção sul, a cerca de 200 quilômetros do litoral norte do Rio de Janeiro.

"Analistas do Ibama participam de vistorias diárias na região em helicóptero e avião equipado com sensores. Em ação coordenada com a Marinha e a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o Instituto seguirá monitorando a mancha e acompanhando as ações adotadas para contenção e recolhimento do óleo no mar", explicou o Ibama em nota.

A Petrobras disse na última informação concedida ao mercado sobre o assunto, no dia 25 de fevereiro, que ainda não havia sido descoberta a causa do rompimento do mangote que provocou o acidente quando a plataforma P-58 transferia petróleo para um navio aliviador.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo