Segurança das Forças Armadas em presídio com líderes do PCC é prorrogada

Por BandNews FM

Um decreto publicado no Diário Oficial da União nesta quarta-feira (27) prorroga o uso das Forças Armadas para a proteção do perímetro de segurança da penitenciária federal em Porto Velho até o dia 29 de março.

A proteção é válida em um raio de dez quilômetros, considerado a partir do muro externo da unidade prisional.

O esquema de segurança do Exército começou a ser montado após o presidente Jair Bolsonaro decretar reforço na ordem pública por causa da transferência de 11 presos de facções criminosas que estavam em penitenciárias de São Paulo. Um deles foi Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola, líder do PCC (Primeiro Comando da Capital).

Veja também:
Assalto à barbearia termina com menor morto e outros dois feridos
Trens colidem e cinco pessoas ficam feridas no Rio de Janeiro

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo