É pré-carnaval em SP, mas agora o desfile é oficial

Por Metro Jornal
DESTAQUES CARNAVAL Arte / Metro Jornal

Até aqui foi só “ensaio”. Neste fim de semana é que começam os desfiles oficiais dos blocos de Carnaval na cidade, e em grande estilo –literalmente. Quatro megablocos ocupam ruas no fim de semana: Casa Comigo, Bicho Maluco Beleza, Acadêmicos do Baixo Augusta e Monobloco – todos abertos e gratuitos, sem venda de áreas vips ou abadás.

Mas tem bloco desfilando em todas as regiões da cidade neste fim de semana de pré-Carnaval, num total de  198 entre amanhã e domingo, com programações e trilhas sonoras variadas (confira alguns destaques ao lado).

O Casa Comigo sai amanhã, com concentração a partir das 11h, na avenida Faria Lima (zona oeste), na altura do número 432. O bloco traz as tradicionais marchinhas para a rua. A fantasia preferida é ir de noiva, noivo, padre… Os personagens típicos de uma cerimônia de casamento. Neste ano, o Casa Comigo tem música tema composta em parceria com os Demônios da Garoa.

Na zona sul, o Bloco Bicho Maluco Beleza começa a festa a partir das 12h30 na avenida Pedro Álvares Cabral, no  Obelisco, em frente ao parque Ibirapuera (zona sul), com a cantora Elba Ramalho no comando. Às 15h, Alceu Valença sobe no palco para continuar a folia.

No domingo, o tradicional Acadêmicos do Baixo Augusta, com o tema “Que país é esse?”, vai dominar a rua da Consolação com a avenida Paulista, às 14h. No ano passado, o bloco arrastou 1 milhão de foliões.

Um pouco mais cedo, a partir das 13h30, o Monobloco começa sua concentração na avenida Pedro Álvares Cabral, em frente ao parque Ibirapuera (zona sul). O bloco irá homenagear as mulheres da música brasileira com o tema “Abram Alas Para Elas”, com  seu repertório eclético das marchinhas tradicionais ao samba, passando pelo xote, forró e funk.  

Se for levar  o celular, tome cuidados

Muita gente para todo lado, som alto… O bloco de Carnaval é diversão, mas traz o clima propício para furtos e assaltos no meio da multidão.

Algumas precauções podem evitar que o clima estrague por um celular levado. O melhor é não levar o aparelho, segundo o especialista em segurança do Grupo GR, Rogério Rodrigues.

Entretanto, se for levar, Rodrigues recomenda alguns cuidados: não deixe nada no bolso de trás, pois pode ser facilmente pego no meio da multidão. Também não fique com celular ou objetos de valor nas mãos, seja discreto. Se for tirar uma selfie, seja rápido. Antes de sair de casa, anote o Imei do seu aparelho –número que o identifica e será usado em caso de ocorrência.

Caso seja furtado no meio da folia, é possível fazer o boletim de ocorrência pela delegacia eletrônica (www.delegaciaeletronica.policiacivil.sp.gov.br/ssp-de-cidadao/home). Agora, se for roubado, com ameaça, é preciso ir a uma delegacia registrar o crime.   

CLIQUE E VEJA A LISTA COMPLETA E LOCAIS DOS BLOCOS

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo