Servidores decidem manter sua paralisação em São Paulo

Por Metro Jornal

Os servidores públicos municipais decidiram ontem em assembleia manter a greve, que hoje completa 17 dias, em protesto ao novo projeto de Previdência municipal. A prefeitura promete cortar os dias parados.

O Sindicato dos Servidores Municipais estima que 80% dos profissionais da educação, onde a adesão foi maior, estejam em greve. Já a prefeitura diz que apenas 205 das 3,5 mil escolas pararam totalmente.  

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo