Receita Federal apreende 684 kg de cocaína no porto de Santos

Por Estadão Conteúdo

A Alfândega da Receita Federal no Porto de Santos (SP) frustrou, nesta terça, 19, a tentativa de envio ao exterior de 684 quilos de cocaína. A droga estava dividida em tabletes, agrupados em 23 bolsas pretas escondidas em "big-bags" (grandes sacas para acondicionar granéis). A carga regular dos "big-bags" era de corindo artificial – mineral a base de óxido de alumínio – e seu destino era o porto de Antuérpia, na Bélgica.

Leia mais:
Participação feminina em filmes cresceu em 2018, aponta estudo
FDA sob Governo Trump declara guerra aos ‘vampiros’

Segundo a Assessoria de Comunicação Institucional da Receita, a seleção da carga para conferência é resultado da análise de risco baseada em critérios específicos, inclusive fazendo o uso de imagens não intrusivas – obtidas por meio do escaneamento de contêineres.

Essa inspeção contou com o apoio de um cão de faro da Alfândega, "que sinalizou positivamente quanto à contaminação da carga". Os auditores suspeitam da técnica criminosa denominada 'rip-on/rip-off', em que a droga é inserida em uma carga lícita sem o conhecimento dos exportadores e importadores.

A droga interceptada pela Receita foi entregue à Delegacia de Polícia Federal de Santos, que dará prosseguimento às investigações.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo