Novos deputados e senadores eleitos estão obrigatoriamente vinculados ao INSS, segundo Reforma

Por Estadão Conteúdo

As mudanças nas regras de aposentadoria dos deputados e senadores previstas na proposta de reforma da Previdência vão valer para os políticos do Estados e municípios. A reforma endurece as regras, os novos eleitos estarão automaticamente vinculados ao regime do INSS.

Os suplentes que assumirem os cargos já estarão sujeitos à nova regra depois que a PEC for promulgada.

Leia mais:
Reforma da Previdência deve ter contribuições e ajustes, segundo Onyx Lorenzoni
Reforma da Previdência: Brasileiro deve levar 40 anos para chegar a 100% do benefício

A proposta prevê uma transição com idades de 62 anos para mulheres e 65 homens.

Os políticos terão que cumprir um pedágio do tempo de contribuição que faltar.

Os regimes atuais serão extintos e valerão somente para quem já ingressou.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo