Oito funcionários da Vale são presos pelo rompimento da barragem de Brumadinho

Por Júlio Vieira - BandNews FM

Oito funcionários da Vale são presos em investigação sobre o rompimento da barragem de Brumadinho, na Grande Belo Horizonte. A operação ocorre em Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro.

De acordo com o Ministério Público, o objetivo da ação é "apurar responsabilidade criminal pelo rompimento de barragens existentes na Mina Córrego do Feijão, mantida pela empresa Vale, na cidade de Brumadinho." Ainda segundo o órgão, os oito presos são funcionários da mineradora, sendo quatro gerentes e quatro integrantes de áreas técnicas.

As primeiras informações são de que 12 mandados de busca e apreensão e oito de prisão estão sendo cumpridos.

De acordo com as investigações, os engenheiros teriam pressionado pessoas para assinar o laudo que atestava estabilidade da barragem, que se rompeu em Brumadinho, sob o risco de perder o contrato.

Leia mais:
Parentes acusam policiais militares por morte de criança de 11 anos
Funcionários de viação de ônibus em São Paulo entram em greve; veja linhas afetadas

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo