Em clima de emoção, missão da NASA em Marte termina após quinze anos

Por Metro Jornal

A NASA anunciou, nesta quarta-feira (13), o término oficial da missão do robô explorador Opportunity em Marte, quinze anos após seu início. A missão estava prevista para durar apenas 90 dias.

Na terça-feira, os cientistas tentaram contatar pela última vez o explorador, após tentar mais de mil vezes nos meses anteriores. Mais uma vez, o Opportunity não deu resposta.

O robô parou de responder NASA em 10 de junho, após uma tempestade de areia bloquear a luz do sol, que provia sua maquinaria com energia. Sem a energia solar, o robô não conseguiu ativar seus aquecedores, e, segundo deduções da base espacial, congelou.

"É como um ente querido que desapareceu", contou o responsável pelo projeto, John Callas. "Você segue esperançoso de que eles irão aparecer e que estejam saudáveis".

A equipe tentou reestabelecer contato com o Opportunity diversas vezes antes de declarar a missão como encerrada. "A cada dia, a esperança diminui, e em algum momento você precisa dizer 'chega' e seguir com sua vida", disse Callas.

LEIA MAIS:
Origem desconhecida! Detectado explosões raras na parte superior da atmosfera da Terra

Em 2011, outro robô explorador, idêntico ao Opportunity, foi dado como "morto" após ficar preso na areia e encerrar sua comunicação com a NASA. Era batizado de "Spirit".

Os dois projetos duraram muito mais e tiveram melhor performance que o esperado, atuando em lados opostos do planeta. Projetados para operar por três meses, eles saíram da Terra em 2003, e chegaram em Marte em 2004. Foi o Oportunity que comprovou que Marte já possuiu água.

"[Opportunity] nos deu um mundo maior", concluiu Callas. "Marte agora é parte da nossa vizinhança."

Agora, a NASA ainda possui dois outros robôs em atividade no planeta vermelho: o Curiosity, e o recém-chegado InSight. Um satélite também está em órbita, para explorar melhor o corpo.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo