Menina até imitava o jeito de Boechat

Por Metro Jornal Campinas

Giovana Alves guarda Ricardo Boechat no coração desde os 5 anos. Há seis anos, ela ouvia o apresentador na BandNews FM Campinas no carro, a caminho da escola, e até imitava Boechat, tamanha a identificação.

O pai, Julio César Prado, decidiu escrever para o jornalista e teve uma surpresa: o próprio Boechat retornou com uma ligação, prometendo mandar um beijo para a garota no ar. E assim o fez. A gratidão e o carinho se tornaram eternos.

Ao saber da morte de Boechat, Giovana sofreu. Escolheu ir para o quarto e chorar. Para ela, foi como se tivesse perdido alguém próximo. “Eu estou triste por ele ter morrido, porque eu gostava muito dele”, disse Giovana. 


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo