Mercado de Santo Amaro é leiloado

Por Metro Jornal

Depois de uma tentativa sem interessados, a Prefeitura de São Paulo abriu nesta segunda-feira as propostas para concessão do Mercado Municipal de Santo Amaro (zona sul). O grupo vencedor ofereceu R$ 31 milhões por 25 anos de concessão,  sendo R$ 1.350.025 por ano, a partir do terceiro ano. O valor mínimo previsto era R$ 273.276 por ano.

Além do pagamento à prefeitura, o Consórcio Fênix – formado pelas empresas  Engemon, Houer, Supernova e Urbana Arquitetura -, que apresentou a melhor proposta financeira, também terá que reformar o mercado, que pegou fogo em 2017. A obra deve custar mais de R$ 21 milhões.

Desde o incêndio, os permissionários atendem em uma área improvisada. A empresa vencedora deve prever como os lojistas vão atender ao público durante as reformas do espaço.

Para ser o vencedor, o consórcio precisa atender a exigências legais.   

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo