Rei do tráfico de drogas no México, El Chapo é condenado nos EUA e pode cumprir pena perpétua

Por Metro Jornal

Um dos mais infames líderes do tráfico de drogas no mundo, o mexicano Joaquin Guzmán, conhecido por "El Chapo", foi condenado em uma corte estadunidense nesta terça-feira em dez acusações.

El Chapo ganhou fama global por sair de uma infãncia carente no México e construir um império mundial de drogas, conseguindo bilhões de dólares no processo. Ele era ligado à gangue "Alianza de Sangre", conhecida também como Cartel de Sinaloa.

LEIA MAIS:
Flagrada em festa, Suzane von Richthofen perde direito a três saídas temporárias

O júri de uma corte em Brooklyn decretou Guzmán culpado, rendendo a ele uma possível sentença de prisão perpétua.

El Chapo foi preso no México em 2016, e extraditado para os Estados Unidos – país onde atual desde 2006 – no ano seguinte, para responder num tribunal. O traficante escolheu não declarar-se culpado, sendo um dos primeiros líderes de cartel de tráfico a passar por um julgamento.

A fama do traficante cresceu após escapar da prisão mexicana duas vezes, e por manter uma imagem benevolente em Sinaloa – El Chapo usava parte de sua renda bilionária para dar auxílios à população do Estado em que nasceu.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo