Filhos podem ser ensinados sobre finanças a partir da rotina doméstica dos pais

Por Metro Jornal

Saber usar bem o dinheiro é um comportamento que deve ser aprendido desde cedo e em casa. Especialistas afirmam que o processo de aprendizado deve começar tão logo a criança passa a compreender que existe um papel que seus pais trocam por alguma coisa.

Isso acontece por volta dos três anos de idade. A partir daí, compartilhar com os filhos algumas rotinas financeiras da casa pode trazer benefícios não apenas à saúde financeira da família, mas também ao futuro deles próprios.

Leia mais:
Barragem em Barão de Cocais passa por nova vistoria; parte da cidade foi evacuada
Entra em vigor o indulto humanitário, assinado por Bolsonaro; entenda

A orientadora financeira Dora Ramos afirma que os filhos podem e devem ser envolvidos no planejamento financeiro familiar. Segundo ela, é comum pensar que as finanças da casa são responsabilidade exclusiva dos pais, em razão da pouca idade das crianças.

Porém, diz Dora, existem maneiras de conscientizá-las – mesmo as pequenas – a pensar criticamente sobre dinheiro, investimentos e poupança. “A habilidade para o planejamento financeiro deve ser treinada desde cedo nas crianças, assim como a leitura, a escrita e a matemática."

Mesadas, compras, pagamento de contas e outras atividades com os filhos vão ajudar a mostrar-lhes a importância e o valor do dinheiro. “Não deixe este importante aprendizado apenas para a sala de aula. O dia a dia com a família também é crucial para que seu filho cresça com boas práticas financeiras”, diz Dora.

art finanças para crianças
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo