TRE confirma cassação do vereador Camilo Cristófaro por uso de caixa dois

Por Metro Jornal

Nesta quinta-feira (7), o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE) confirmou a cassação do mandato do vereador Camilo Cristófaro, eleito pela cidade de São Paulo.

A decisão do tribunal se baseou na comprovação do uso de recursos ilícitos para a campanha do vereador nas eleições municipais de 2016.

A Lei prevê a cassação do diploma caso seja comprovada captação ou gastos ilícitos de recursos para fins eleitorais. No caso de Cristófaro, os juízes concluíram que 14% dos gastos do vereador foram provenientes de caixa dois – manobra que viola a igualdade entre os candidatos e a transparência das eleições, segundo nota do TRE.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo