Meses após roubo, joias da família real sueca aparecem em cesto de lixo

Por Metro Jornal

As joias reais roubadas no ano passado foram encontradas num cesto de lixo nos arredores de Estocolmo. Mais de meio ano depois, parece desvendado o mistério do desaparecimento de duas coroas e uma esfera do século 17.

Em julho de 2018, ladrões entraram na catedral de Strängnäs e partiram com o tesouro. Fugiram numa lancha, por um lago vizinho, e sumiram. Com a descoberta, foi suspenso o julgamento de um homem de 22 anos, acusado do roubo.

São objetos feitos de ouro, pérolas e pedras preciosas, avaliados em mais de seis milhões de euros, que em breve poderão voltar ao local onde estavam expostos, provavelmente com segurança reforçada.

“São peças únicas que pertencem à nossa história, ainda bem que encontraram”, diz o pároco da catedral, Christoffer Lundgren.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo