Idosos ou pessoas com deficiência podem ter BPC cortado por falta de cadastro; saiba como regularizar

Por Metro Jornal

Cerca de 196 mil idosos ou pessoas com deficiência de baixa renda do Estado de São Paulo poderão ter o BPC (Benefício de Prestação Continuada) cortado caso não atualizem o cadastramento no modelo do CadÚnico (Cadastro Único), do Governo Federal. O programa social, de responsabilidade do Ministério da Cidadania, é válido apenas para pessoas acima de 65 anos ou que atestem alguma deficiência e que tenham uma renda familiar per capita inferior a um quarto do salário mínimo vigente – até 249,50.

No início de fevereiro, a Secretaria estadual do Desenvolvimento Social anunciou novos prazos em que os beneficiários do programa precisam se apresentar com a documentação. Se, no fim destes prazos, o cadastro não for feito, o auxílio deixará de ser pago.

Veja a tabela com os prazos:

Lote Aniversariantes dos meses: Prazo para cadastramento até:
1 Janeiro, fevereiro, março 31 de março
2 Abril, maio e junho 30 de junho
3 Julho, agosto, setembro 30 de setembro
4 Outubro, novembro, dezembro 31 de dezembro

O cadastramento é feito nos CRAS (Centros de Referência da Assistência Social). O beneficiário precisa levar seu CPF e de seus familiares, assim como comprovante de renda e de residência. Para pessoas com deficiência, também são necessários laudos médicos que comprovem "limitação do desempenho de atividade e restrição da participação, com redução efetiva e acentuada da capacidade de inclusão social."

Clique aqui para consultar os endereços dos CRAS no Estado de São Paulo – municípios sem o centro devem procurar a secretaria local de Assistência Social.

Leia mais:
Caminhão tomba em via proibida para veículos pesados e derruba 10 toneladas de tijolo
Ministro do Turismo é exonerado por Bolsonaro para assumir mandato; político é acusado de corrupção

A secretaria informou também que, até o início do mês, 551 mil beneficiários do Estado de São Paulo já haviam registrado as informações na plataforma do Governo Federal – 73,3% do total de 747 mil pessoas. Os remanescentes estão sendo notificados por carta e por alertas da rede bancária.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo