Ajuda à Venezuela não deve ter motivação política, alerta ONU

Por Metro Jornal com Reuters

A Organização das Nações Unidas publicou nesta quarta-feira um alerta contra a utilização de ajuda humanitária na Venezuela como recurso político. O pronunciamento da ONU ocorre após os Estados Unidos terem enviado alimentos e remédios para a fronteira do país latino-americano, e acusado o presidente Nicolas Maduro de bloquear o recebimento utilizando caminhões e contêineres.

Membros do governo estadunidense afirmaram que a ajuda havia chegado em caminhões pela Colômbia, a pedido de Juan Guaidó, que se declarou presidente interino do país em janeiro. O Secretário de Estado Mike Pompeo publicou em seu Twitter uma imagem de uma estrada bloqueada, e escreveu: "O povo venezuelano precisa desesperadamente de ajuda humanitária. Os EUA e outros países estão tentando ajudar, mas o exército venezuelano de Maduro está bloqueando o auxílio com caminhões e tanques de transporte".

LEIA MAIS:
ONG lança aplicativo para ajudar migrantes e refugiados no Brasil
Lula é condenado a 12 anos de prisão por sítio em Atibaia

Maduro afirmou, nesta segunda-feira (4), que o povo venezuelano "não são mendigos", e que ele não permitiria que o país fosse humilhado.

"Ajuda humanitária precisa ser independente de objetivos políticos, militares ou outros", disse porta-voz da ONU Stephane Dujarric a repórteres em Nova York. "Quando vemos o que está acontecendo se torna ainda mais claro que negociações políticas sérias entre os lados são necessárias para achar uma solução que leve à paz duradoura para o povo da Venezuela."

"É importante que a ajuda humanitária seja despolitizada, e que as necessidades do povo sejam prioridade para definir quando e como o auxílio é usado", afirmou Dujarric.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo