Polícia desmantela agência de emprego falsa; vagas eram oferecidas pelas redes sociais

Por Metro Jornal

Uma vaga de emprego era anunciada pelas redes sociais. Os interessados não demoravam a aparecer e eram encaminhados a uma suposta agência de trabalho em Santo Amaro, na zona sul de São Paulo.

Ao chegarem no endereço, as pessoas se deparavam com o empregador, que cobrava R$ 180 de cada candidato. Ele dizia que o valor seria usado para realização de exames.

Só que era tudo mentira: não havia nenhuma oportunidade de emprego. O homem era, na realidade, um estelionatário que oferecia vagas falsas. A empresa era totalmente de fachada.

Leia mais:

Homem tenta fraudar prova do Detran com câmera escondida e escuta eletrônica
Traficante que usava drone para monitorar polícia é preso

A Polícia Militar recebeu uma denúncia e resolveu investigar. Nesta segunda-feira (4), os agentes foram até a agência falsa e encontraram 140 pessoas esperando para realizar os pagamentos. Mais 90 já tinham acertado o valor e aguardavam a realização dos exames.

Além disso, segundo a Secretaria de Segurança Pública, foram apreendidos quase 16 mil reais, documentos e fichas de avaliação psicológica.

O responsável pela empresa foi identificado e preso. Ele já era alvo de um mandado de prisão expedido pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, pelo crime de estelionato. Funcionários e vítimas foram levadas à delegacia para prestarem depoimento.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo