Médica cubana é morta pelo marido a golpes de chave de fenda no ABC

Por Band

Uma médica cubana foi morta a golpes de chave de fenda na cabeça pelo próprio marido brasileiro, em Mauá, na tarde de anteontem. O corpo dela foi encontrado no mesmo dia, em uma área de matagal próxima à estrada dos Fernandes, em Ribeirão Pires.

Laidys Sosa Ulloa Gonçalves, 37 anos, trabalhava na rede de saúde mauaense até Cuba romper o convênio com o Brasil para colaboração ao Mais Médicos. Ela tentava revalidar o diploma para continuar trabalhando no país.

Após denúncia, a polícia encontrou nas proximidades do local onde o corpo foi encontrado o vigia Dailton Gonçalves Ferreira, 45 anos, marido dela. Ele confessou o assassinato. A defesa dele alega que Ferreira sofre distúrbios psicológicos

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo