Trens do monotrilho colidiram por falha humana, diz laudo do Metrô

Por Metro Jornal com Rádio Trânsito FM

O Metrô de São Paulo afirma que uma falha humana causou a colisão de dois trens do Monotrilho da Linha 15-Prata, no último dia 29.

De acordo com o laudo da comissão de segurança da Companhia, a ação de um funcionário tornou o trem, que estava estacionado na plataforma da estação Jardim Planalto, “invisível” ao sistema de comunicação e sinalização.

Leia mais:

Doria pede alternativa para linha 18-Bronze do Metrô, afirma secretário
CPTM lança Expresso que vai da Luz até Mogi das Cruzes sem transferências

No momento do acidente, as composições estavam vazias e ninguém se feriu.

Após o episódio, o Metrô diz que os procedimentos de segurança da Linha 15-Prata serão revistos.

A recém-inaugurada Linha 15-Prata começou a operar em horário integral há menos de um mês.

Veja um vídeo aéreo da colisão:

Queda

Na mesma semana em que os trens colidiram, uma peça do monotrilho se soltou e caiu na avenida Luís Inácio de Anhaia Melo. O equipamento chegou a ser encontrado por passageiros.

Chamada de “terceiro trilho”, a peça serve para passar a corrente elétrica do trem. A queda provocou lentidão nas operações da linha.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo