Brumadinho: Uma semana após a tragédia, 'chuva' de pétalas homenageia vítimas

Por Metro Jornal com Rádio Bandeirantes

Por volta das 12h30 da última sexta-feira, 25 de janeiro, a barragem do Córrego do Feijão, em Brumadinho, se rompia e atingia em cheio o refeitório da mineradora Vale, responsável pela barragem, além de uma pousada e diversas casas.

Em meio à incansável busca pelos corpos – até a tarde desta sexta-feira (1º de fevereiro), 110 corpos foram encontrados e 238 pessoas continuavam desaparecidas,  as vítimas e as famílias atingidas pela tragédia, militares do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais fazem uma homenagem com hasteamento da bandeira do Brasil em um dos locais onde vítimas foram encontradas.

Durante o ato, dez helicópteroos lançaram pétalas de rosas sobre o local.  As flores foram doadas por populares em Belo Horizonte e Brumadinho. O tenente Pedro Aihara, porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, fez o pedido por doações em suas redes sociais.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo