Prefeitura altera regras para recarga do Bilhete Único; veja o que muda

Por Metro Jornal

A partir da próxima sexta-feira (1º), novas regras para o Bilhete Único começam a valer em São Paulo.

Com objetivo de combater fraudes no sistema, todos os cartões do tipo comum impressos sem identificação terão limite de crédito. Os bilhetes de Estudante e Vale Transporte emitidos até 2013 também entram nesse novo regulamento.

Com a mudança, todos esses modelos aceitarão recargas de no máximo 43 reais – ou 10 tarifas. Atualmente, o limite é de 350 reais de créditos comuns.

Segundo a gestão municipal, a medida restringe o uso e comércio irregular de créditos e bilhetes.

Leia mais:
SPTrans disponibiliza novos serviços para o Bilhete Único no site do 156
Trens da Linha 15-Prata do monotrilho colidem na zona leste de SP

Na prática, o que muda?

Se o seu Bilhete Único não possui dados pessoais impressos, sua recarga fica limitada ao valor de 10 passagens. O mesmo vale para o Bilhete Estudante ou Vale Transporte emitido até 2013.

Mas se o limite é o suficiente para você, não é preciso trocar de cartão. Também não é necessário utilizar todo os 43 reais para fazer uma nova recarga, tampouco foi estabelecido um valor mínimo. Trata-se, portanto, apenas de um limite máximo como atitude de segurança.

Caso você tenha saldo superior ao novo "teto" em um desses três modelos de cartão, tem até quatro meses para gastar tudo. Se não utilizar, o próprio sistema vai bloquear o valor, que já não será aceito. Nessa situação, você não perde o dinheiro se solicitar um novo cartão e recuperar o saldo restante.

Mais mudanças

Uma outra portaria, publicada também nesta quarta-feira (30), permite à SPTrans o cancelamento de cartões com recargas consideradas irregulares e comunique a polícia.

A Prefeitura lembra que fraudar o Bilhete Único é crime, e gera prejuízo tanto aos cofres municipais quanto aos moradores da cidade.

Como solicitar um Bilhete Único

Para pedir um novo cartão – com capacidade maior de crédito -, acesse o site da SPTrans e preencha os dados solicitados (RG, CPF, CEP e foto 3×4 digitalizada).

Após o cadastro completo, é necessário retirar o bilhete em um dos postos da SPTrans. Confira a relação de postos aqui.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo