Crise na Venezuela: jornalistas chilenos são presos em Caracas

Por Wellington Botelho

Uma equipe de TV chilena foi presa na noite desta terça-feira na Venezuela. Dois profissionais cobriam uma manifestação em torno do Palácio de Miraflores, sede do governo Nicolás Maduro.

Segundo o canal TVN, o jornalista Rodrigo Pérez e o cinegrafista Gonzalo Barahona foram presos, junto com outros dois profissionais da imprensa venezuelana.

Em entrevista à TVN, o ministro das Relações Exteriores chileno, Roberto Ampuero, contou que "o partido venezuelano disse que será libertado a qualquer momento", acrescentando que "isso é algo que representa muito bem o que está acontecendo na Venezuela".

Os dois chilenos foram presos por membros da polícia venezuelana, supostamente, por um controle de documentos e por algum tipo de infração de trânsito.

A situação levanta a tensão diplomática entre Chile e Venezuela, depois de o presidente Sebastian Piñera reconhecer Guarequena Gutiérrez como representante diplomático da nação caribenha, nomeado pelo chefe do Parlamento da Venezuela, Juan Guaidó.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo