Brumadinho: Defesa Civil atualiza para 99 o número de mortos; 259 seguem desaparecidos

Por Metro Jornal

As buscas por vítimas do rompimento de uma barragem da Vale em Brumadinho, Minas Gerais, entraram no sexto dia nesta quarta-feira (30). De acordo com a Defesa Civil, o número de mortos subiu para 99, sendo que 57 deles foram identificados. Outras 259 pessoas seguem desaparecidas.

Leia mais:
Inverno nos EUA chega a -50ºC e Trump ironiza: “O que está acontecendo com o aquecimento global?”
Deputados federais e senadores eleitos tomam posse nesta sexta

O trabalho de resgate chegou a ser interrompido durante a tarde, por causa de uma forte chuva que atingiu a região. Segundo o porta-voz do Corpo de Bombeiros, tenente Pedro Aihara, daqui há dois dias as buscas devem se intensificar com maquinários mais pesados. "Lama é o pior dos cenários para se trabalhar", disse.

Até o momento, 393 pessoas foram localizadas. Além do resgate de humanos, as equipes também procuram por animais que foram atingidos pelo resíduo da barragem. No começo desta noite, a Vale anunciou que alugou uma fazenda para receber os animais resgatados.

Fiscalização

Após uma reunião, o Governo Federal anunciou medidas em relação à tragédia de Brumadinho, como a liberação do Seguro-defeso para pescadores atingidos pelo incidente. Outras 3.386 barragens no Brasil, com maior potencial de risco à vida, passarão por fiscalizações de segurança.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo