Bombeiros sofrem intoxicação nas buscas em Brumadinho; Vale nega que a lama seja tóxica

Por Juliana Santos

O coordenador-adjunto da Defesa Civil de Minas Gerais, tenente-coronel Flavio Godinho, revelou que alguns bombeiros tiveram intoxicação por causa do contato com a lama em Brumadinho, em Minas Gerais, onde uma barragem se rompeu na última sexta-feira, 25. No entanto, o oficial não soube precisar quantos passaram mal.

O tenente-coronel disse que todos estão recebendo o apoio das equipes de saúde e que esse cenário já era esperado. Isso porque a lama tem na composição elementos químicos usados no processamento do minério.

A Vale, por sua vez, alega que a substância não é tóxica. “O rejeito é formado por sílica, ou seja, basicamente terra, portanto não é tóxico, afirmou, em nota.

LEIA MAIS:
Juíza de Brumadinho considera prisão de funcionários da Vale imprescindível para investigação

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo