Cidade no interior de SP anuncia medidas de segurança para barragem após Brumadinho

Por Metro Jornal

O rompimento de uma barragem da Vale em Brumadinho, Minas Gerais, voltou a gerar preocupação sobre a segurança das estruturas em diversos lugares do Brasil. Em Alumínio, interior de São Paulo, por exemplo, a prefeitura anunciou medidas de segurança para evitar desastres – a cidade concentra um enorme volume de produção da matéria prima que dá nome à cidade.

Até o fim do ano, por exemplo, serão instaladas 12 sirenes no município para alertar em caso de necessidade de evacuação. Rotas de fuga para pontos altos também serão traçadas pela Defesa Civil, que fará um trabalho informativo aos moradores da região.

Leia mais:
Bandeira vermelha: conta de luz pode ficar mais cara em maio
Autoridades alertam para golpes e fake news sobre tragédia em Brumadinho

Para emergências, a prefeitura reservou mais de 15 ônibus para auxiliar a população – são pouco mais de 18 mil habitantes, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Ambulâncias e máquinas de terraplanagem também estão disponíveis.

A barragem é de responsabilidade da CBA (Companhia Brasileira de Alumínio). A empresa afirmou que cumpre as normas de segurança exigidas e conta com sistema de segurança e monitoramento. A estrutura possui 100 metros de altura e guarda 25 milhões de metros cúbicos de lama vermelha, resíduo da produção do material.

barragem Alumínio Visão aérea da barragem, indústria e cidade de Alumínio / Reprodução/Google Maps
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo