Bandeira vermelha: conta de luz pode ficar mais cara em maio

Por Metro Jornal

Chuvas bem abaixo da média histórica na área das hidrelétricas e uma estratégia adotada por geradores devem pressionar custos da energia em 2019. Com isso, aumentam as chances de as contas de luz terem a partir de maio a bandeira vermelha nível 2, com custo extra para consumidores.

O gerente de monitoramento estratégico da Esfera Energia, Daniel Ito, explicou à Reuters que os geradores apostaram em massa em preços da energia mais altos no segundo semestre em 2019 e alocaram a energia que têm para venda neste ano principalmente partir de maio.

Leia mais:
Receita Federal apreende 2,5 mil calçados falsificados em loja do Brás
Moradores de Moema instalam até comportas para conter enchentes

Na prática, isso deve levar a produção das usinas hídricas a ficar bem abaixo do que elas se comprometeram a entregar nesses meses, diante das chuvas insuficientes para encher os reservatórios.

“Em maio podemos já passar para bandeira vermelha nível 2, pelo menos vermelha. E em junho, com certeza (seria bandeira vermelha), se continuar esse cenário ruim (de chuvas)”, afirmou Ito.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo