Ibama multa Vale em R$ 250 milhões por impactos ambientais em Brumadinho

Por BandNews FM

O Ibama multou em R$ 250 milhões a empresa Vale pelos impactos ambientais causados pelo rompimento da barragem em Brumadinho, em Minas Gerais. O anúncio foi feito neste sábado (26).

Os itens aplicados para a multa ambiental são as seguintes: causar poluição que possa resultar em danos à saúde humana, poluição hídrica com possibilidade de interrupção no abastecimento de água, emissão materiais que atingem a biodiversidade, tornar uma área urbana ou rural imprópria para a ocupação humana e lançar resíduos sólidos ou rejeitos em quaisquer recursos hídricos.

Outras punições podem ser aplicadas de acordo com o andamento das investigações.

Inquérito instaurado

A Polícia Federal instaurou também neste sábado um inquérito para investigar as causas e os culpados do rompimento da barragem em Brumadinho. Segundo o delegado Luiz Augusto Pessoa Nogueira, responsável pelo caso, o objetivo é não perder tempo e promover as perícias e outras diligências que poderiam ser impossíveis de fazer posteriormente. A informação é da colunista da BandNews FM Mônica Bergamo.

Desaparecidos

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais confirma que 354 pessoas estão desaparecidas na tragédia de Brumadinho.

Em entrevista coletiva, o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais confirma que 354 pessoas seguem desaparecidas na tragédia no início desta tarde. O comandante da corporação, coronel Estevão, afirma que a defesa civil tem feito o cadastro junto à Vale e a familiares: "São funcionários, especialmente operários e terceirizados".

O coronel afirma que ainda há esperança de encontrar moradores com vida: "Ontem, em uma operação especial, retiramos cem pessoas que estavam ilhadas em um ponto da cidade".

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo