Aos 113 anos, morre o homem mais velho do mundo

Por Ansa

Com 113 anos de idade, Masazo Nonaka, o japonês considerado o homem mais velho do mundo com vida, faleceu neste domingo (20), informou a imprensa local.

De acordo com relatos de familiares, Nonaka morreu enquanto dormia em sua residência na cidade de Ashoro, na ilha de Hokkaido, no extremo norte do Japão.

O japonês nasceu no dia 25 de julho de 1905, data que coincide com a descoberta da teoria da relatividade pelo gênio Albert Einstein. Ele recebeu o recorde do Guinness no dia 10 de abril de 2018.

A família do ancião afirmou que, apesar de usar uma cadeira de rodas para se locomover, Nonaka realizava a maioria de suas atividades de forma independente.

"Estamos chocados com a perda de uma figura tão importante. Ontem, ele estava como sempre, e faleceu com dignidade e sem causar nenhum problema", afirmou sua neta Yuko aos jornais locais.

O Japão é um dos países com maior índice de longevidade do mundo. O registro do homem mais velho pertence a outro japonês, que morreu aos 116 anos e 54 dias em junho de 2013.

De acordo com o Guinness Book, a pessoa mais velha que já viveu até hoje foi uma francesa chamada Jeanne Calment, que morreu em 1997 aos 122 anos e 164 dias.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo