Especialista em segurança digital descobre vazamento de dados de quase 800 milhões de e-mails

Por Ansa

Um especialista em segurança digital descobriu a existência de um arquivo contendo 773 milhões de endereços de email únicos e quase 22 milhões de senhas, totalizando 87 GB de informações.

O número ainda exclui duplicatas e dados inutilizáveis, o que levaria o total bruto para 1,1 bilhão de emails e suas relativas chaves de segurança. A notícia foi revelada pelo pesquisador Troy Hunt, criador da plataforma "Have I been pwned?", na qual usuários podem verificar se suas contas foram violadas.

O caso vem sendo tratado como o "maior vazamento de dados da história" pela imprensa especializada nos Estados Unidos. Chamado de "Collection #1", o vazamento é, na verdade, uma espécie de coletânea de diversas violações realizadas no passado.

Dos 773 milhões de endereços de email envolvidos, apenas 141 milhões nunca haviam aparecido na plataforma de Hunt. Já entre as senhas, metade não estava na base de dados. O arquivo foi carregado no site de compartilhamento Mega, sucessor do Megaupload.

"Parece uma coleção casual de sites, feita exclusivamente para maximizar o número de credenciais acessíveis aos hackers", explicou Hunt à revista Wired. Ou seja, é possível que muitos dos usuários dos emails atingidos já tenham alterado suas senhas em relação ao divulgado pelo "Collection #1".

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo