Bruno Covas exonera Alexandre Schneider e outros quatro secretários; entenda o que muda

Por Metro Jornal com Rádio Bandeirantes

O prefeito de São Paulo Bruno Covas exonerou cinco secretários municipais, alterando nomes importantes do primeiro escalão do governo.

As mudanças estão publicadas na edição desta terça-feira (8) do Diário Oficial do Município.

Dentre os “demitidos”, está Alexandre Schneider, que até então ocupava o cargo de secretário da educação.

Segundo informações da TV Globo, Schneider estava desgastado na administração municipal desde a gestão anterior, de João Doria. Ligado ao secretário afastado Gilberto Kassab, Schneider assumiu posicionamentos polêmicos à frente da Educação, como a declaração de que votaria em Fernando Haddad (PT) nas últimas eleições presidenciais.

Heloisa Proença, de Urbanismo e Licenciamento, César Angel Boffa Azevedo, de Gestão, e Affonso Emílio Massot, de Relações Internacionais, também foram exonerados. O quinto nome é Fernando Chucre, que deixa a Secretaria de Habitação para ocupar a pasta de Urbanismo e Licenciamento.

LEIA MAIS:
Polícia Federal indicia Atila Jacomussi e 22 dos 23 vereadores de Mauá
Familiares de ex-assessor de Flávio Bolsonaro prestam depoimento sobre movimentação suspeita

Como fica, a partir de agora, o comando das secretarias municipais:

  • Educação
    No lugar de Alexandre Schneider, entra o advogado João Cury, especialista em Direito Tributário. Cury foi secretário estadual da Educação durante a gestão de Marcio França.
  • Urbanismo e Licenciamento
    A liderança da pasta, que até então era de Heloisa Proença, passa a ser de Fernando Chucre.
  • Habitação
    Antes com Chucre, agora está sob o comando de Aloísio Pinheiro – este que era, até então, secretário adjunto da pasta.
  • Gestão
    A então secretária adjunta da pasta Malde Maria Vilas Bôas assume o comando geral, que estava com César Angel Boffa Azevedo. Ela é a segunda mulher à frente de uma secretaria na gestão municipal.
  • Relações Internacionais
    A pasta, que estava com Affonso Emílio Massot, deve perder o status de secretaria, a partir de uma proposta que está em tramitação na Câmara Municipal. Enquanto isso, Luis Alvaro Salles de Aguiar Menezes assume o cargo de secretário.
Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo