Avó teria oferecido netas para serem abusadas em rituais de magia negra

Por Metro Jornal

A mãe de uma adolescente de 13 anos procurou a polícia para denunciar o líder de uma seita que pratica rituais de magia negra em Caiapônia, uma cidade de Goiás, por abuso sexual.

A jovem não teve sua identidade revelada. À polícia, ela disse ter sido abusada sexualmente por 7 dias seguidos pelo líder da seita, Nilson Alves de Souza, de 43 anos. Existe a suspeita de que outra criança, de apenas 3 anos, também tenha sido violentada.

LEIA TAMBÉM:
Lutadora do UFC reage a assalto e domina ladrão com socos e chave de braço
Criança cai em bueiro ao tentar salvar cachorro de enchente; veja momento do resgate

Segundo a polícia, a seita recebia diversas pessoas que se submetiam a rituais em troca de cura de doenças, amor, dinheiro e conflitos familiares. Uma dessas pessoas é suspeita de oferecer as 3 netas para serem 'sacrificadas sexualmente' à entidade que o líder da seita incorporava. As crianças têm 7, 10 anos e a terceira é a adolescente que denunciou o crime, de 13 anos. Em troca, a avó teria recebido promessas de enriquecimento.

Na polícia, os acusados confessaram os crimes e foram presos.

Com informações do Metropoles.com.br

 

 

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo