Presidente do Ibama se demite após acusações de irregularidades no órgão

Por Metro Jornal com Rádio Bandeirantes

A presidente do Ibama Suely Araújo pediu, nesta segunda-feira (7), demissão do cargo.

O pedido de exoneração do cargo ocorre após o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, acusarem o Ibama de “montanhas de irregularidades.”

Suely diz que a acusação é “sem fundamento” e “evidencia completo desconhecimento da magnitude” do órgão e das funções.

Leia mais:
‘É um idiota que está ferrando com todo mundo’, diz Faustão em programa; internautas associam a Bolsonaro
Eleição no Senado é crucial para Bolsonaro; conheça os favoritos

As acusações vieram por causa de uma licitação no valor de cerca de R$ 30 milhões para aluguel de carros. Salles fez um tweet sobre isso neste domingo (6), expondo os gastos em um documento. Bolsonaro retuitou o post.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo