Motorista que atropelou três policiais na Dutra estava embriagado, diz tenente

Por Rádio Bandeirantes

A Polícia Civil confirma que o motorista que atropelou três policiais na rodovia Presidente Dutra estava embriagado. À Rádio Bandeirantes, o tenente Guilherme Lima afirmou que no carro de Diego Ribeiro Garcia foi encontrado marcas de sangue e uma garrafa de whisky.

O acidente aconteceu no km 104 da rodovia, no sentido Rio de Janeiro, mas o subtenente Longni foi encontrado no km 101. A Polícia Rodoviária Federal afirma que a velocidade do veículo teria arrastado o policial, que morreu, por cerca de três quilômetros.

Os outros dois policiais, Júlio César de Oliveira e Regiano Basílio Gonçalves, foram encontrados no local do acidente e continuam em estado grave no Hospital Regional de Taubaté.

Segundo a PRF, os três policiais seguiam em romaria para Aparecida, no interior de São Paulo, quando, por volta das 7h, um carro invadiu o acostamento e atropelou as vítimas.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo